Criado Comitê de Odontologia da ABTO

Alterações bucais podem ser importantes para a investigação de comprometimentos sistêmicos, principalmente quando relacionados à condição de imunossupressão em transplantes, e há o risco de infecções. No crescente aumento do número de pacientes transplantados de órgãos e tecidos, tem-se tornado fundamental a formação de equipes multidisciplinares para atender pacientes transplantados, das quais a Odontologia pode e deve ser parte.

A participação da Odontologia junto à ABTO existe desde a última década, quando os primeiros Cirurgiões Dentistas se filiaram à Associação na busca de interação e ação interdisciplinar junto aos outros profissionais de equipes transplantadoras, com o objetivo de aprendizagem e também para oferecer os conhecimentos da Odontologia respectivos aos cuidados aos pacientes em programação de transplante e os já transplantados de órgãos e tecidos.

Este é um momento importante, pois foi aprovado junto à diretoria da ABTO e com o apoio irrestrito do Dr. Ben-Hur Ferraz Neto, a formação da Comissão de Odontologia da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos. Esta comissão terá por finalidade algumas ações de suporte de informação sobre saúde bucal aos pacientes junto ao GAT – Grupo de Apoio ao Transplantado, suporte e orientação aos profissionais da Odontologia e demais membros da equipe multiprofissional com relação aos temas relacionados à boca e suas respectivas repercussões no grupo de pacientes transplantados, além do desenvolvimento de pesquisas científicas no campo da Odontologia em transplantes.

Os membros fundadores da Comissão de Odontologia são: Prof. Dr. Fábio Luiz Coracin (TMO/HCFMUSP), Dr. Marcelo Mariano (H. Santa Cruz – SP),  Prof. Renato Costa Franco Baldan (Faculdade Metropolitana – MG), Prof. Dr. Edevaldo Tadeu Camarini (Universidade Estadual de Maringá – PR), Dr. Mário Martinelli (H. São Vicente de Paulo – RS), Profa. Dra. Liliane Elze Falcão Lins Kusterer (Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública – BA) e Prof. Dr. Paulo Sérgio da Silva Santos (Faculdade de Odontologia de Bauru, USP – SP).

Todos os membros desta comissão e as instituições às quais estes Cirurgiões Dentistas são filiados estão muito dispostos a contribuir com a ABTO e acreditam que esta parceria deva gerar muitos frutos, e o principal, melhorar a qualidade de vida dos pacientes transplantados.

Fonte: http://www.abto.org.br/abtov02/portugues/populacao/ABTONews/ano13_3/index.aspx?idCategoria=7

_______________________________

Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *