Odontologia Hospitalar e a ANEO

ESCRITO POR JORGE BARBOSA PINTO
______________________
Escrevo na condição de CD que trabalha no serviço público e iniciativa privada e que acompanha de perto (tambem sou da Comissão do CRO/RJ) a luta pelo reconhecimento da Odontologia como parte essencial na integralidade do atendimento à saúde da população.
Consigo vislumbrar um campo imenso de oportunidades para os colegas que tenham interesse em atuar nessa área. Mas para sonhos tornarem-se realidade é necessário que todos entendam a importãncia de mais atitude para conseguir avançar. Deixar de lado vaidades para entendermos que acima de tudo está nossa profissão e a população que assistimos.
Para isso gostaria de comentar e chamar a atenção para a importância da ANEO que deve se realizar no segundo semestre:
– Fortalecimento da presença do CD nos hospitais, no atendimento da média e alta complexidade.
– Essencial a habilitação desses profissionais com preparo que comprove a capacitação dos mesmos.
– Capacitação que deve ser feita através de regulação dos Conselhos.
Para tudo isso acontecer, é essencial uma reunião dos representantes das diversas comissões já instaladas nos outros estados e também de profissionais que comunguem das mesmas ideias nos estados onde não existe comissão oficial.
Juntos traçaremos estratégias para fortalecimento da Odontologia como promotora de saúde para a população que precisa de atendimento integral na alta complexidade, momento esse que é o de maior fragilidade que um ser humano pode enfrentar.
.
Jorge Barbosa Pinto
  • Saff do Hemorio
  • Coordenador de atendimento de pacientes c/necessidades especiais do complexo hospitalar Luis Palmier – São Gonçalo, RJ
  • Membro da Comissão de OH-MO do CRO-RJ e do GMOH/RJ

Uma resposta para “Odontologia Hospitalar e a ANEO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *