Odontologia lança campanha nacional “Na UTI, lembre-se da boca”

Fonte: http://www.amib.org.br/evento-amib/cbmi/acervo-cbmi/detalhe-eventos/noticia/odontologia-lanca-campanha-nacional-na-uti-lembre-se-da-boca-1/

A terapia intensiva é multiprofissional. E entre esses profissionais, o cirurgião-dentista é peça importante, principalmente no que diz respeito à prevenção de infecções nesse ambiente. É sabido que algumas delas começam pela boca e podem se espalhar para outras regiões do corpo do paciente crítico e, com isso, aumentar custos com antibióticos e mesmo o tempo de internação.

Esse ano, foi uma aprovada uma lei que diz ser obrigatória a presença de um cirurgião-dentista nas unidades de terapia intensiva. A AMIB sempre apoiou as causas dessa especialidade e tem em sua estrutura há muitos anos o Departamento de Odontologia, presidido pela Dra. Teresa Márcia Morais.

A presidente decidiu em sua reunião de Departamento no XVII CBMI lançar a Campanha Nacional “Na UTI, lembre-se da boca”. O objetivo é conscientizar cirurgiões-dentistas, equipe intensivista , gestores de hospitais e população em geral sobre a importância da higiene bucal nos pacientes críticos internados nas UTIs.

Notas do Portal da Medicina Oral:

A iniciativa do departamento de Odontologia da AMIB é de muito valor, mas algumas correções devem ser feitas ao texto acima.

Em primeiro lugar, segundo o relatório da Dep. Erika Kokai, foi apensado o PL 363-11 ao PL 2776-08 e, desta forma, o projeto agora trata da presença do CD em todo hospital, e não mais somente nas UTIs, como pretendia o PL original.

Em segundo lugar, ainda não foi aprovada a lei baseada nestes projetos. Há ainda a necessidade de parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da câmara (onde os PLs se encontram atualmente), do Senado e, se necessário, da presidência da república (ver aqui regras de aprovação de leis por rito ordinário).

__________________________

2 respostas para “Odontologia lança campanha nacional “Na UTI, lembre-se da boca””

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *