Novo manual de Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais

Atendimento a Pacientes com Necessidades Especiais

A bibliografia sobre o tema é ainda bastante escassa, por essa razão merece destaque o lançamento do livro O Paciente com Necessidades Especiais na Odontologia – Manual Prático. Na obra, a autora Maria Lucia Varellis aponta a importância dos cuidados na Odontologia para com os pacientes especiais, portadores de distúrbios neuropsicomotores.

Apesar do tema vir sendo estudado ao longo dos anos, a obra com 558 páginas que também está à disposição na versão on line, vem preencher preenche uma lacuna na área. Cada capítulo é estruturado de modo a abordar o passo a passo no atendimento dos pacientes, que compõem um grupo considerado de alto risco para o desenvolvimento de doenças bucais, de acordo com o tipo de patogenia sistêmica, alteração salivar, dieta cariogênica, alteração muscular e ineficácia da higienização. O livro traz, ainda, relatos de casos observados na prática clínica acadêmica na Faculdade de Odontologia da Unicastelo e no atendimento diário no consultório da autora e na APAE.

Maria Lucia Varellis formou-se pela USP, é especialista em Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais e presidente da Câmara Técnica de Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais do CFO. Entre 2003 e 2005 foi coordenadora Científica do Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência Mental e Saúde Bucal da APAE-SP.

Fonte: Boletim on line do CRORJ

____________________

Observações do editor do PMO: A Profa. Maria Lucia Varellis é também companheira atuante do CROSP tendo participação importante nas decisões institucionais da Odontologia Hospitalar brasileira. Muito sucesso com este livro!!!

Odontologia Hospitalar, DTM e Deformidades Dentofaciais em Cuiab

Neste final de semana 23 e 24 de agosto, haverá o 3º módulo do curso na área odontológica promovida pelo Instituto da Face através do Núcleo de Estudos e Tratamento das Deformidades Dento Faciais (NEST) aos dentistas cuiabanos.
O módulo com o tema “Dores da face e da articulação temporo mandibular” será ministrado pelo Prof. Fábio Kurogi Alvarez que é mestre em Ciências da Saúde e pós graduado em odontologia hospitalar pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Também é colaborador da equipe de Dor orofacial do HC-FMUSP e responsável pelo setor de Dor orofacial- ATM, do Hospital da Face (SP).
A segunda palestrante é a cirurgiã maxilo facial Maria Eduína Silveira, da equipe do Hospital Sírio Libanês (SP) e responsável pelo serviço de deformidades da face do Hospital das Clínicas de São Paulo, da Faculdade de Medicina da Universidade da capital paulista.
O curso acontecerá no Auditório da Alphadent, Rua das Orquídeas – 337, Lote 23, Quadra 30 – no Bairro Jardim Cuiabá (Ao lado do Instituto de Odontologia Integrada), das 8 às 18hs e no dia 24, das 8 às 13 horas.

_____________________________________

Também em Cuiabá, foi agendada atividade para discussão da Odontologia Hospitalar no Brasil.

O evento terá a organização do CROMT e Comissão de Odontologia Hospitalar – presidida pelo Cirurgião Bucomaxilofacial João Milanez. Os professores do Rio de Janeiro, Paulo Moreira, do Instituto Nacional de Cardiologia, e Paulo Pimentel, do Hospital Federal dos Servidores do Estado e Comissão de Odontologia Hospitalar do CRORJ, farão as exposições orais sobre o papel do CD clínico na alta complexidade.

As aulas ocorrerão no dia 11 de outubro e mais informações poderão ser obtidas no Conselho Regional de Odontologia do Mato Grosso.

Em data mais próxima serão divulgados mais detalhes do encontro.

Toxina botulínica colocando as coisas no lugar

No programa Bem Estar da Rede Globo em 20 de agosto, foi dedicado um programa inteiro à este importante recurso terapêutico, expandindo seu uso para situações funcionais, além das cosméticas.

Ver: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2013/08/toxina-botulinica-pode-ser-usada-em-outros-tratamentos-alem-das-rugas.html

Em determinada sessão é feita menção ao uso pela Odontologia, como auxílio no tratamento do bruxismo.

Idealmente seu uso deve ser indicado por cirurgiões dentistas especialistas no tratamento das disfunções da ATM ou outras especialidades relacionadas. Afinal a toxina botulínica não deve ser encarada como uma panaceia no tratamento das dores orofaciais, e saber fazer um bom diagnóstico é essencial.

Além disso a TB deverá ser oferecida como um aliado terapêutico e não como única alternativa no tratamento.

Por este motivo o Portal da Medicina Oral não apoia a realização de cursos de uso da toxina botulínica para CDs (hoje disseminados no país), cujo único objetivo seja a aplicação da substância (alguns inclusive com foco em cosmética). É preciso estar bem consciente e esclarecido sobre o diagnóstico onde as alterações neuromusculares possam estar desreguladas, além de todas as possibilidades de controle além da TB.

Só é cabível a formação profissional para a utilização da TB em serviços estruturados, especialmente na área da DTM e dor orofacial e OPNE, por exemplo, onde o bruxismo, o trismo e a hipersalivação constituem indicações.

Odontologia nas entidades médicas e multiprofissionais

A Odontologia segue crescendo em importância através de Cirurgiões Dentistas que levam seu saber aos eventos realizados pelas entidades médicas e multiprofissionais do país. Outros ainda crescem institucionalmente e chegam a exercer cargos diretivos, enaltecendo a relevância da profissão frente a saúde geral dos pacientes.

Nos links abaixo alguns dos profissionais que têm exercido papel representativo da Odontologia nestas entidades:

1) Paulo Pimentel

- Diretor do departamento de Odontologia da SOTIERJ (http://www.sotierj.org.br/WebSite/Departamento.aspx?view=2).

- Participação na mesa de Dor Neuropática no Congresso da ANERJ (http://anerj.org.br/eventos/programacao-cientifica%20VI%20Congresso.pdf).

2) Paulo Santos e Héliton Spíndola

- Organizadores do encontro de Odontologia da ABTO (http://www.congressoabto.org.br/2013/programacao_cientifica/#/1).

3) Luiz Valente Jr., Jorge Barbosa, Paulo Moreira e demais colegas do departamento de Odontologia da ABHH

- Organizadores do encontro de Odontologia da ABHH (http://hemo2013.org.br/wp-content/uploads/2013/01/CRONOGRAMA-HEMO2013-20_06.pdf), que provavelmente trará mais uma vez o Prof. Cesar Miglioratti ao Brasil.

4) José T. T. Siqueira

- Presidente da SBED, a Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor.

5) Almir Oliva Filho

- Organizador da Mesa Redonda: “Odontologia e Cuidados Paliativos” no V Congresso Internacional de Cuidados Paliativos (http://www.vcongressoancp.com/docs/ProgramaoPreliminar.pdf).

__________

Que a Odontologia siga sendo representada por profissionais que enalteçam o seu papel interdisciplinar e o valor do próprio CIrurgião Dentista.

SOBEP ratifica importância das Comissões de Odontologia Hospitalar

Em conversa com importante representante da Odontologia Hospitalar junto à SOBEP o Portal da Medicina Oral obteve informações sobre as reuniões envolvendo a OH no último congresso da SOBEP em Salvador, em julho último.

No contato foi informado que a SOBEP irá apoiar as Comissões de OH dos Conselhos de Odontologia, sendo recomendada a participação ativa de seus membros nos encontros estaduais e nacional; e que a SOBEP quer se propor a ser uma das entidades a chancelar a certificação do cirurgião dentista atuante no segmento hospitalar, reconhecendo, no entanto, que este papel também poderá ser exercido conjuntamente com outras entidades representativas da Odontologia brasileira.

Foi exaltada a importância dos associados da SOBEP na produção científica brasileira relacionada à Odontologia Hospitalar.

Também foi comentado que, em reunião com aproximadamente 160 membros, a SOBEP não concordará com a certificação de cirurgiões dentistas, para a atuação hospitalar, por entidades médicas.

_____________________

Observações do administrador do PMO:

Como CD atuante em segmentos da Estomatologia e representante da Odontologia Hospitalar junto ao CRO-RJ só tenho elogios às decisões da SOBEP. Espera-se que tanto as entidades que representam as especialidades da Odontologia, quanto o próprio CFO, entendam a importância destas decisões. E que não exista passividade dos líderes da profissão quanto ao aspecto negativo de se permitir a regulação desta área por entidades alheias à vida institucional oficial da profissão.

Highlights em Estomatologia e Odontologia Hospitalar

_______________________________________________________

http://dentistryandmedicine.blogspot.com.br/2012/05/acquired-immune-deficiency-syndrome.html

_______________________________________________________

http://www.hc.unicamp.br/?q=node/190

_______________________________________________________

http://www.diariotaubate.com.br/display.php?id=31319

_______________________________________________________

http://www.afnoticias.com.br/noticia-2432-coordenador-de-odontologia-da-facit-apresenta-trabalho-em-congresso-internacional.html

Coordenador de Odontologia da FACIT apresenta trabalho em Congresso Internacional