Evento em Brasília sobre OPNE, Odontogeriatria, Odontologia Hospitalar e Domiciliar

Mensagem enviada pelo Prof. Alexandre Miranda (DF)

AOS AMIGOS E COLEGAS “ESPECIAIS”,

Entre os dias 06 a 08 de dezembro de 2013, acontecerá em Brasília o 1° CONGRESSO INTERNACIONAL SOBRE A SAÚDE DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA (CISPoD) que será associado ao 11° CONGRESSO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DOS PROFESSORES DE ODONTOLOGIA PARA PACIENTES ESPECIAIS (ABOPE) e a 25° JORNADA ODONTOLÓGICA BRASILEIRA DE ESTUDOS SOBRE PACIENTES ESPECIAIS (JOPE).

Esse evento está sendo planejado há algum tempo e contará com a participação de vários segmentos da área da saúde, familiares e interessados na PROMOÇÃO DA QUALIDADE DE VIDA e INCLUSÃO SOCIAL DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E GRUPOS ESPECIAIS.

VENHO CONVIDÁ-LOS A ENVIAREM SEUS TRABALHOS CIENTÍFICOS NA ÁREA DE ODONTOLOGIA PARA PACIENTES ESPECIAIS (PESSOAS COM DEFICIÊNCIA) E GRUPOS ESPECIAIS !!! PESQUISAS CLÍNICAS, RELATOS DE CASOS CLÍNICOS, RELATOS DE EXPERIÊNCIAS E DE SERVIÇOS QUE ASSISTAM ESSE GRUPO POPULACIONAL.

GOSTARIA QUE BRASÍLIA SE “APRESENTASSE” PARA O BRASIL COMO UM PÓLO TÉCNICO-CIENTÍFICO, CLÍNICO E EDUCACIONAL NA ÁREA ESPECIAL!

A PARTE CLÍNICA É IMPORTANTE, MAS NÃO TEM SEU VALOR SE O CONTEXTO TÉCNICO-CIENTÍFICO NÃO FOR REALIZADO, DIVULGADO E DISSEMINADO!

CONTO COM TODOS VOCÊS! DIVULGUEM SEUS TRABALHOS E SERVIÇOS !!!

Prazo máximo para envio de trabalhos até o dia 10 de novembro de 2013.

NORMAS: http://www.cispod.com.br/inscreva-se/trabalhos-cientificoswww.cispod.com.br

ÁREAS TEMÁTICAS ESPECIAIS E DE GRUPOS ESPECIAIS:

1- Legislação Odontológica para Pacientes Especiais e Odontogeriatria (CFO): O cirurgião-dentista capacitado;

2- Conceitos de pessoas com necessidades especiais, pessoas com deficiência; Ser especial: O profissional da Odontologia ou a pessoa com deficiência; O envelhecimento da população brasileira – idoso e suas peculiaridades;

3- Políticas públicas em saúde bucal derecionadas a pacientes especiais e idosos;

4- O serviço público de atenção em saúde bucal para pacientes especiais e idosos;

5- O serviço particular (consultorio particular, planos de saúde) de atenção em saúde bucal para pacientes especiais e idosos;

6- Tipos de pacientes especiais;

7- Deficiências físicas, sensoriais, multisensoriais e a prática odontológica;

8- Distúrbios comportamentais (autismo, transtornos alimentares) e a prática odontológica;

9- Condições e doenças sistêmicas (diabetes, insuficiência renal crônica, anemias, hemofilia, epilepsias, cardiopatias, etilistas, usuários de drogas, leucemia, gestante/intrauterina, oncológicos, transplantados) e a prática odontológica;

10- Transtornos psiquiátricos (esquizofrenia, depressão, fobia, ansiedade) e a prática odontológica;

11- Doenças infecto-contagiosas (Hepatite e AIDS) e a prática odontológica;

12- Alterações genéticas (Down, Klinefelter, Crouzon…) e a prática odontológica;

13- Multi-interdiciplinariedade; Transdisciplinariedade;

14- Aspectos éticos, bióticos, legais e jurídicos no atendimento odontológico para pessoas com deficiência idosos;

15- Aspectos psicológicos no atendimento em saúde para pessoas com deficiência e idosos em nível de consultório e hospitalar;

16- Técnicas de manejo clínico e adptação profissional no atendimento a pacientes especiais e idosos;

17- Considerações farmacológicas na prática odontológica para pacientes especiais e idosos;

18- Considerações de Imageologia e Ortodontia para pacientes especiais e odontogeriatria – técnicas e abordagem;

19- Conceitos de envelhecimento, senilidade, odontogeriatria, gerontologia;

20- Tipos de pacientes idosos;

21- Atendimento odontológico a pacientes idosos independentes, semi dependentes e dependentes;

22- Enfermidades específicas do envelhecimento;

23- Relação saúde sistêmica e saúde bucal de idosos;

24- Diabetes, hipertensão, cardiopatias, osteoporose, doenças neurodegenerativas ( Alzheimer, Parkinson, AVC…) e a prática odontológica geriátrica;

25- Atendimento odontológico a pacientes especiais e idosos em nível ambulatorial ( consultório);

26- Orientações na ultilização de métodos sedativos ( sedação medicamentosa, óxido nitroso) nas condutas odontológicas para pacientes especiais e idosos;

27- Orientações no uso do laser de baixa intensidade em pacientes especiais e odontogeriatria;

28- Considerações no atendimento odontológico a pacientes especiais e idosos em nível domiciliar (home care);

29- Considerações no atendimento odontológico a pacientes especiais e idosos em nível hospitalar: Centro cirúrgico e enfermaria;

30- Considerações no atendimento odontológico a pacientes especiais e idosos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI);

31- Cuidados paliativos – cuidados no fim da vida e a prática odontológica;

Atenciosamente,

Alexandre Franco Miranda

Comissão Organizadora 1° CISPoD

Coordenador Comissão Científica – 11° ABOPE / 25° JOPE, Brasília-DF, 2013

link currículo lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4217681Y9

Contatos:

61 8136-9896

alexandrefmiranda@hotmail.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *