Conheça a especialidade DTM e Dor Orofacial

Em conversa recente com importante representante da Dor Orofacial brasileira fui informado sobre interesse de colegas da SBDOF em criar condições para apresentar esta entidade como a responsável pela chancela dos especialistas da área. Atualmente, este papel cabe exclusivamente ao Conselho Federal de Odontologia, assim como ocorre com todas as outras especialidades da Odontologia. O raciocínio destes colegas, sendo verdadeiro, é inovador por trazer a discussão sobre a importância das sociedades das especialidades na condução das políticas acadêmicas e institucionais pertinentes àquela área. Atualmente estas sociedades, diferentemente do que ocorre na Medicina, não possuem qualquer ingerência na formação dos novos especialistas, nem norteiam as questões de base institucional, ficando como meras organizadoras de eventos com maior foco no escopo científico. O que não deixa de ser importante, mas restringe a legítima representação da área.

2 respostas para “Conheça a especialidade DTM e Dor Orofacial”

  1. Esta intenção da SBDOF é feita com boa vontade em melhorar o nível dos profissionais que desejam ser especialistas em DTM e Dor Orofacial, mas ao mesmo tempo causa um dilema, o que fazer com os profissionais que já são especialistas e DTM e não são associados da SBDOF. Creio que esta situação será melhor conduzida pela plenária do CFO.

    1. Perfeito Wilson.
      Cabe ao CFO decidir.
      Entidades de grande representatividade, como a SBDOF e a SOBEP por exemplo, seriam importantes parceiras do CFO para certificar especialistas.
      Especialistas antigos não devem ser obrigados a se associar mas muitos se interessariam, eu inclusive, em fazer parte de sociedades mais fortalecidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *