6º Encontro Nacional das Comissões de Odontologia Hospitalar contou com apoio do CFO

Fonte: http://cfo.org.br/destaques/6%C2%BA-encontro-nacional-das-comissoes-de-odontologia-hospitalar-contou-com-apoio-do-cfo/ . Um novo post será gerado para comentar este encontro.

______________________________________

O presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO), Ailton Morilhas, participou do 6º Encontro Nacional das Comissões de Odontologia Hospitalar dos Conselhos Regionais de Odontologia (CROs). O evento foi organizado pelo CRO-PA, realizado em Belém (PA), nos dias 16 e 17 de janeiro, no auditório do Hospital Porto Dias. “Vamos sempre trabalhar com os CROs pela qualidade da saúde bucal. Por isso, encontros como este são muito importantes para a população”, diz Morilhas.

Os principais objetivos foram elaborar a proposta sobre a Habilitação em Odontologia Hospitalar – apresentada na última Assembleia Nacional de Especialidades Odontológicas (ANEO), uma assembleia de caráter consultivo, promovida pelo CFO; e discutir como os procedimentos odontológicos podem ser inseridos no rol de procedimentos hospitalares da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para que os usuários de planos de saúde possam receber atendimento odontológico quando estiverem internados, incluindo as Unidades de Terapia Intensiva (UTI).

A solenidade de abertura contou com a presença do presidente do CFO, Ailton Morilhas, que compôs a mesa juntamente com o presidente do CRO-PA, Roberto Pires; a coordenadora da Comissão de Odontologia Hospitalar do CRO-PA, Rosely Cavaleiro; e o chefe da Divisão de da ANS de Belém, Uender Xavier. O evento foi também prestigiado pelo coordenador nacional de Saúde Bucal, do Ministério da Saúde (MS), Gilberto Pucca, que falou sobre a evolução das Políticas de Saúde de Bucal, desde a Atenção Primária até a Terciária, onde se inclui o atendimento odontológico hospitalar. Pucca também apresentou as principais propostas do MS para o setor no Brasil e como o CFO e CROs podem participar dessa construção.

Segundo Rosely Cavaleiro, os participantes elaboraram uma lista de procedimentos odontológicos, que serão encaminhados para a ANS, com a finalidade de incluí-los no rol de procedimentos hospitalares dos planos de saúde, para que os usuários possam receber atendimento odontológicos durante a internação, incluindo a UTI.

Sobre a proposta de Habilitação em Odontologia Hospitalar: será encaminhada à Comissão de Ensino do CFO, que deverá concluir o detalhamento das atribuições do cirurgião-dentista para trabalhar em ambiente hospitalar.

CFO – Em seu pronunciamento, Ailton Morilhas disse que o CFO e os CROs já passaram por muitas batalhas e venceram várias com a ajuda de Deus. “Mas não podemos jamais deixar de lutar por uma população que confia em nós, pela busca pela qualidade em odontologia e proteção à sociedade. Por todas essas pessoas é que sempre ressalto o comprometimento dos Conselhos em trabalhar em unidade com as instituições da classe odontológica, pela busca da qualidade em Odontologia. Assim, vamos fortalecendo o diálogo e as ações voltadas ao interesse do coletivo”, disse o presidente do CFO.

Dentre as vitórias, Dr. Ailton destacou a alcançada pelo CFO, por meio da Comissão Parlamentar, no projeto de lei (PL) nº 2.776/2008, que estabelece a obrigatoriedade de cirurgião-dentista nas UTIs no âmbito da rede pública e privada de saúde, aprovado em 10 de abril de 2013, por unanimidade na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados e agora segue para aprovação do Senado Federal e sanção presidencial. “A presença desse profissional pode salvar vidas, além disso, a Anvisa, em sua RDC 7, já prevê a presença de cirurgião-dentista nas equipes multidisciplinares mínimas dos hospitais público, privados, militares e filantrópicos. Vamos lutar para que isso efetivamente se cumpra”, ressaltou o presidente do CFO, que, por fim, deixou uma mensagem de São Francisco de Assis para reflexão: “comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível e de repente você estará fazendo o impossível”.

CRO-PA – O presidente do CRO-PA, Roberto Pires, reafirmou o seu apoio ao trabalho da Comissão de Odontologia Hospitalar do CRO-PA que vem desenvolvendo a Campanha Boca Saudável Reduz Riscos de Infecções na UTI, além de outras atividades. Pires ressaltou  que o papel do CFO e dos Conselhos Regionais é proteger a sociedade. “Por isso o nosso empenho em defender o cumprimento da resolução da Anvisa e a aprovação do projeto que assegura a inserção do cirurgião-dentista na UTIs, assim como fazer cumprir tudo que prevê o Código de Ética Odontológica”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *